terça-feira, 5 de abril de 2011

Serviço Prestado - cobrar ou não cobrar, eis a questão!?


     Olá a todos! Profissionais da área, leitores casuais, interessados, estudantes, críticos. Meu "olá" para todos! Peço desculpas pela ausência... Dou aquele nosso aviso de sempre: estou disponível no dpdfonline!! Passe-nos seu problema e despreocupe-se! Fique à vontade para conectar pelo Twitter , Facebook, Skype(rochamdf1) e no e-mail dpdfonline@gmail.com . Acesse regularmente o dpdfonline.blogspot.com!!!
     Olá, meu assunto hoje é algo que, para alguns é desconfortável para outros nem é tão problemático assim, vou me concentrar na difícil tarefa de calcular um valor de serviço prestado e cobrá-lo.
     Desde que o mundo é mundo que uma das relações mais antigas entre seres humanos é a relação de trabalho. Na idade média convivíamos com a vassalagem e a burguesia, onde um recebia proteção de sua família e terras e outro tratava de produzir e pagar. Hoje essa relação não é muito diferente, apenas os riscos que mudaram.


     Hoje para prestar determinados serviços, não podemos fazer como antigamente, onde bastava ter uma ferramenta, o suor e a matéria prima pra viver. Não, meus senhores, não! Hoje além do "Know How" precisamos ser fiscalizados, avalizados e principalmente autorizados a exercer determinados serviços e nisso implica custos!! Então se é assim? Porque para alguns é tão difícil calcular (principalmente para iniciantes) e cobrar sobre o trabalho/serviço prestado?
      A tarefa de cobrar não é tão simples assim, necessita de sangue frio e autoconfiança. Pessoas que tem vergonha de cobrar pelo seu trabalho são profissionais incompletos. Não que isso seja de todo ruim, pois o fato de concluir bem o serviço já o gabarita no mínimo como competente.
      Bem vamos deixar de corpo mole e vamos tentar explicar meu ponto de vista, todo contabilista sabe que há um honorário padrão, o que difere é como se cobra por isso. Alguns convencionam cobrar por meio salário mínimo o que é na data atual desse post R$ 724,00 (Não tomem esse valor como atual e legal é apenas didático aqui!) O que faço em meus escritório é basear tudo no valor do honorário. Por exemplo se fosse fazer uma RAIS eu calcularia da seguinte forma:



Valor do honorário padrão / Qtd de empregados padrão (100 por exemplo) = Valor do honorário por empregado


Qtd de empregados X Valor do honorário por empregado = Valor que irei cobrar

     Como disse, esse é meu método de cálculo. Para o blog é apenas didático, utilizo assim pois acredito que remunera melhor, além de dar uma certa satisfação ao cliente ao que esta pagando. Quando preciso passar um valor sem saber a quantidade de empregados costumo passar o valor que cobraria por 100 empregados, ou seja, 100% do honorário.

Então gente até a proxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário